quarta-feira, agosto 31, 2005

A solução social e econômica.

Alguns dizem que não se pode acabar com os problemas do país de uma hora pra outra. Eu discordo. Uma única medida pode acabar com os maiores problemas do país: A diminuição dos impostos (não digo cortar pela metade, isso é muito pouco, calculo que algo do tipo 1/5 da carga atual seria razoável).O primeiro problema resolvido, e mais obvio é a corrupção. A matemática é simples. Com um volume menor de impostos a quantidade de dinheiro que fica em poder do políticos é menor, e assim a quantidade que pode ser roubada - ou desviada, como manda o velho e bom eufemismo - tende a zero.Em segundo lugar o desemprego. É incrível que algumas pessoas acreditem no conto da carochinha que o governo cria empregos. Mentira. Quem gera empregos é a iniciativa privada, que sufocada pelos impostos fica impedida de gerar todos os postos de trabalho que teria capacidade.Diretamente ligado à redução do desemprego estaria a diminuição da criminalidade. É evidente que muitas vezes a falta de oportunidades, ou a dificuldade em saber aproveita-las leva algumas pessoas a escolher um caminho mais fácil. Com o aumento do número de oportunidades, o caminho mais fácil passa a ser outro.A sonegação e o contrabando tem como causa única e exclusiva a irracional carga de impostos. Os dois tem um preço - propinas, risco - mas esse preço atualmente é muito menor que o dos impostos. Baixando-se o preço dos impostos, a equação passa a pender para o lado da prática legal, seguindo a mesma linha de raciocínio da criminalidade.Este post é do blog Direita, excelente exercício quanto ao absurdo tributário que destroça as empresas brasileiras e por consequência direta a economia, impedindo o progresso e extorquindo o povo através dos impostos abusivos o governo arrecada milhões totalmente dispensáveis aos cofres públicos , os quais se perdem na lama política brasileira e enriqueçem os senhores depuatados fazendo-lhes em poucos meses marajás, com o quê é alheio .É fato.Nos países mais desenvolvidos os impostos são menores e os empresários são auxiliados pelo governo que lhes dá melhores condições e mais segurança , num ciclo virtuoso de progresso e desenvolvimento.

Um comentário:

Saramago disse...

A solução do problema social e economico não é mais do que dividir a produção igualitariamente!