domingo, setembro 25, 2005

A verdade apareçe, um dia apareçe.

O blog Euroultramarino destaca dois trabalhos, um texto e uma tese de doutorado, que refutam a idéia da vitória militar Portuguesa contra os terroristas no Ultramar, quando tudo apontava contra novamente os Portugueses venceram.Pena que a rtraição logo veio e assasinou um Estado inovador e futurista.Viva Portugal!Viva Salazar!“No "o sexo dos anjos” tomei conhecimento de um interessante texto, de autoria de um militar da reserva, publicado no “Do Portugal Profundo”. Na primeira parte do mesmo o major reformado Manuel de Oliveira refere um estudo anglo-americano, no qual Portugal é qualificado como o país que melhor soube gerir conflictos bélicos em três teatros de operações simultâneos. Como complemento desta preciosa informação, implacável bofetada na mentirosa cara abrilina, indico outro importante trabalho – derivado de uma tese doutoral no King’s College de Londres: Counterinsurgency in Africa. The Portuguese Way of War (1961 – 1974), Greenwood Press (ISBN: 0-313-30189-1), do capitão norte-americano retirado, Dr. John P. Cann. Nestas páginas analisa-se a acção contra-subversiva das Forças Armadas Portuguesas durante os treze anos da guerra que nos foi movida do exterior, auxiliada pelos focos de traição interna já sobejamente conhecidos. Excusado dizer que trata-se de outro sonante estalo nas caras de abrilinos, seus camaradas estrangeiros e idiotas úteis de costume. A verdade nua e crua é que o Portugal euro-ultramarino era uma nação única. Único era o nosso modo de estar no mundo. Única foi a nossa resistência – política, económica, diplomática e militar. O Portugal desta época, um Portugal apenas português, havia cometido um pecado imperdoável: o de ter razão antes do tempo. "

2 comentários:

BastonadasNacionais disse...

Excelente post meu caro!

Afinal até fomos reconhecidos... só por cá é que insistimos em ser pequenos, quando podiamos ser grandes!

Abraço

acja disse...

Jáestava com sauddes de ti rapaz....hehehe.É meu caro a verdade apreçe, e como disse Jesus, nenhum profeta será aceito em sua terra.VIVA SALAZAR E O ESTADO NOVO!VIVA O V IMPÉRIO!