terça-feira, novembro 15, 2005

O nojo como propaganda.

Ontem assisti a um comercial que abusou totalmente do discernimento entre o crime , o mau gosto e o desrespeito, é das coisas que provocam nojo , repulsa e o mais terrível dos sentimentos , a impotência.O comercial é de uma marca de preservativos e foi transmitido na MTV Brasil.A hogeriza materializada em comercial , como já não poderia ser algo ilibado pela natureza do produto, mostrava um senhor de meia idade sentado à mesa lendo o jornal.Logo chega a filha da criatura , apresenta uma amiga da escola e lhe diz: -Pai, a minha amiga hoje vai dormir aqui em casa.Não me lembro com exatidão das palavras , mas era este o sentido.O "homem" nada responde , apenas fica boquiaberto ao ver a menina, literalmente boquiaberto.Eis que surge fulminante a frase com o nome da marca e o slogan:"......" porquê o tesão não têm hora para aparecer.Sinceramente , não há palavra que descreva nesta tão vasta língua, o absurdo que este comercial é.Um incentivo claro a pedofilia, a promiscuidade , ao adultério e a todos os fatores morais que compõe uma sociedade sadia.Senti-me impotente, por nada poder fazer contra a onda de absurdos que se vendem como normalidades e modas.EU DIGO NÃO A PROMISCUIDADE!

4 comentários:

Anônimo disse...

Tens razão. A impotência é dos piores sentimentos que se pode ter perante esta nojeira...

acja disse...

É realmente degradante ver escancaradas todas as formas de profanação.

pataphisico_azul disse...

Rapaz, eu ao ver esse comercial (se realmente o visse) ia pensar que o senhor ia ter "tesão", como é descrito, e ia ter uma alegre noite com a sua esposa. Agora se o meu caro camarada pensou outra coisa ao ver uma colegial, é como dizia aquele psicólogo judeu, as perversões de cada um notam-se no modo como se interpretam as situações...

acja disse...

Você não sabe ler mesmo né?Psicólogo judeu?Perverção?Ligação total.E eu não sou teu camarada.Graças a Deus.