terça-feira, dezembro 06, 2005

A globalização no futebol brasileiro.

O futebol brasileiro é indiscutivelmente o melhor, em termos técnicos e certamente o pior em termos de gestão e organização.Mostra disso é o número de jogadores brasileiros de alta qualidade no exterior idos jovens e a preços bastante modestos.Hoje, foi entregue o prêmio de melhor jogador do Campeonato Brasileiro, e ironicamente o melhor foi Tévez , argentino, e o segundo colocado , ou o outro favorito, é Petkovich(?) , sérvio-montenegrino.

6 comentários:

Rodrigo Nunes disse...

Pessoalmente detesto o futebol brasileiro, lamnto mas é verdade, costumo acompanhar o campeonato do Brasil e acho o futebol aí inacreditavelmente lento, parece que ninguém corre.

Quanto ao prémio do melhor jogador acho que foi merecido, o Tévez é um grande jogador e quanto a mim foi o melhor do Corinthians.Já do Petkovich não gosto.

acja disse...

Realmente o Tévez é um jogador incrível, é perseverante e habilidoso, só não é titular da seleção argentina pq joga no Brasil.Engraçado, eu já acho o futebol europeu , o Português primeiramente, mais lento.Um abraço, Rebatet.

Saloio88 disse...

Concordo com o Rebatet, o futebol brasileiro é MUITO lento, mas o português com a quantidade de brasileiros que tem(a maioria deles são pretos. Porque será?)está a seguir o mesmo caminho. O futebol brasileiro não é o melhor futebol do mundo, a seleção brasileira é que é e todos sabemos que mais de 90% dos jogadores da seleção jogam na Europa.

acja disse...

Quando se diz q o futebol brasileiro é o melhor do mundo diz-se claramente dos jogadores, conforme foi exposto no post.É claro q a preparação e auxílio mais rigorosos e avançados na Europa são determinantes no futuro do jogador.Mas , mesmo assim , a preparação não faz milagres.

Rodrigo Nunes disse...

Sim, os jogadores brasileiros são dos melhores do mundo, isso é indiscutível. Quando digo que não gosto do futebol brasileiro refiro-me ao ritmo de jogo, aprece-me demasiado pausado.

O futebol português é fraquinho, é mais porrada que outra coisa, alguns jogos parecem combates de boxe. Pessoalmente gosto do espanhol.

acja disse...

Porrada... gostei dessa análise Rebatet!E VIVA O BENFICA!