quinta-feira, janeiro 26, 2006

Kaulza de Arriaga, o único que disse NÃO!


Sabe-se que muitos Portugueses emergindo das camadas populares ludibriadas, que merecem epíteto em letra maiúscula, resistiram ao golpe comunista no fatídico 25 de Abril de 1974 e a seus efeitos desesperadores,resultantes na noite mais negra a abraçar o céu Português.Pode-se constatar através de relatos recentes de antigos resistentes como Camisanegra e Manuel Azinhal nos respectivos blogs para se perceber que muitos não tiveram os olhos tapados e as vozes caladas, e mesmo sob a agressão moral e física resistiram e resistem até hoje a ditadura socialista/capitalista. Mas e dentre os militares, alguém se insurgiu contra a invasão traiçoeira?Uma invasão não no sentido literal de força militar, mas no vergonhoso campo da mentira, da ignomínia e do absurdo.Se sugeitaram todos os soldados Portugueses a tal violação?Acovardaram-se todos?Não, um único General, o último dos Generais Portugueses, na concepção de honra e coragem que a palavra Português deve ter.Kaulsa de Arriaga esteve disposto a sacrificar a vida pela Pátria e comandar tropas contra a traição e a mentira, mas novamente a mentira, diabólica arma do covarde vitimou a um Português.O General Kaulsa diz em entrevista a outro militar, o Coronel Amaro Bernardo que fez o que pode para deter o golpe diabólico ".....Independentemente de tudo o que acabo de referir, procurei anular pela força um golpe que poderia vir a realizar-se e que acabou por ser o "25 de Abril".
Deste modo, eu e mais dois Oficiais-Generais, que supunha óptimos, que comandavam forças mais do que bastantes, preparámos um contra-golpe . E, pelas 8h30 da manhã, do dia 25 de Abril de 1974, dei a ordem de execução desse contra-golpe. Mas, duas horas depois, os referidos Oficiais-Generais informaram-me da impossibilidade do contra-golpe, dado as forças que o deveriam executar terem aderido ao golpe em curso: o "25 de Abril".
Eu, erradamente, acreditei, mas tal era mentira. Quem aderiu ao "25 de Abril" foram os Oficiais-Generais em causa, tendo as forças executantes aguardado as minhas instruções até às 19h00 da tarde desse dia......" .
Em seguida Kaulsa também falhou, como falharam todos, porém, este vitorioso demolidor das guerrilhas comunistas foi o único General que valeu e honrou, ao menos na intenção a farda que trajava.Que pesem sobre o grande General as lágrimas da derrota, mas jamais a vergonha da traição.Kaulza continuou a honrar Portugal em suas obras, livros e artigos de grande valor histórico até sua morte, recente, humilde e honrosa. O saudamos grande general com o braço estendido em saudação romana:"Talvez por isso - pela maneira de ser Chefe, pelo jeito de entender a alma de que somos alma e o sangue de que somos sangue, possa agora o General Kaúlza de Arriaga contar com um amigo em cada um dos que teve sob o seu Comando. Talvez por isso - mas não só. S que não é impunemente que se é grande, de muito alto."
Que a Verdade um dia seja plena.

7 comentários:

Saady disse...

Oh ACJA...
Oh meu herói...
Meu Homem...

acja disse...

Não é fácil não.....nâo vou nem apagar esse lixo, agora.Comunista safado e filho da puta.

Ry Bob disse...

Olá, como vai?
Vi seu comment no meu blog.
Eu estava me considerado numa Cruzada Solitária contra os Cavaleiros do Terceiro-Mundo, que continuarão sendo Terceiro-Mundo enquanto nao assumirem suas responsabilidade, e pararem de jogar a culpas nos Lusitanos.

É brasileiro?
Tem MSN? Add me: mrt_al@hotmail.com

Gostaria de conhecer outros como eu no Brasil.

acja disse...

Saudaçôes te add sim.

Anônimo disse...

Não conhecia esse episódio do "contra-golpe".

NC

acja disse...

O Orgulhosamente Só está a serviço da verdade, sempre.

rui disse...

AVANTE CAMARAD AVANTE, JUNTA A TUA A NOSSA VOZ!! 25 DE ABRIL SEMPRE!! MORTE AOS FASCISTAS!! HOJE E SEMPRE, CUNHAL ESTÁ PRESENTE!! UM BOM FASCISTA É UM FASCISTA MORTO! TENS SAUDADES DO SALAZAR, JUNTA-TE A ELE, MATA-TE!!! SEU FASCISTA FILHO DA PUTA!!!