segunda-feira, janeiro 09, 2006

Um exemplo de ironia estúpida.

Tive o desprazer de visitar um blog de esquerda, dirigido por vários esquerdistas, um blog efetivamente e fazendo valer o trocadilho, comunitário.Neste blog a acidez, como gostam de chamar a ironia, faz uma vítima, o própio irônico.Ironiza sem precisão histórica e razão as palavras certeiras e corajosas de Ribeiro e Castro e discorda das palavras do líder do CDS-PP veiculando, em seu exemplo a própia ignorância histórica.Pois todos sabem que os governos negros na África não são ou foram de tendências comunistas, que o terrorismo islâmico e o própio terrorismo em si nada têm a ver com a esquerda.... pois sabem....olha lá na África Portuguesa, nem um teroristazinho só.....http://causa-nossa.blogspot.com/2005/12/antologia-do-disparate.html

8 comentários:

joana disse...

As palavras de Ribeiro e Castro foram de alguém com muito mau carácter (ou de alguém muito parvo, mas não o tomo por tal). Ele sabe muito bem que o terrorismo não é de Esquerda nem de Direita, que é usado por gente que não olha a meios para atingir os fins. Sabe muito bem que todos o querem combater, embora de maneiras diferentes. Mas preferiu insultar toda a Esquerda com tais afirmações.
Deve ser por estas e por outras que, com Ribeiro e Castro, o CDS não voltará a ter uma votação com algarismo das dezenas. E, muito provavelmente, ficará atrás do BE nas próximas eleições (Legislativas).

acja disse...

Quem sabe não é?Talvez a direita enganada pelos terroristas culturais portugueses não exista mais, as palavras de Ribeiro e Castro demonstra sim muita coragem e força de liderança.O terrorismo é força esquerdista covarde e anarquista.E se o mesmo se referisse a hist´ria Portuguesa apenas?Contra fatos não há argumentos.

joana disse...

Ele não especificou se se referia apenas a História Portuguesa ou não, portanto, tendo em conta o actual contexto, referia-se à História Mundial. O terrorismo já foi/é usado pela Esquerda, assim como já foi/é usado pela Direita. Em qualquer um dos casos, não passa pela cabeça de ninguém acusar "o outro lado" de ser a origem das ideias terroristas. É desleal e mentiroso.
O terrorismo, hoje em dia, é principalmente praticado por gente que não respeita a diferença e que pensa que todos devemos viver segundo o Corão, que muitas vezes nem leram. Não é por certo uma ideia anarquista.

acja disse...

Decerto q a esquerda produziu o terrorismo em escala, em se falando de Portugal e do Mundo.A esquewrda e os extremistas do q quer q sejam.Não existe terror apenas da Jihad, que em muito foi treinada e financiada pela KGB ou pela CIA antigamente.O q é o anarquismo para si?A anarquia é o totalf fim da sociedade humana e o terror é o ramo armado da anarquia.

joana disse...

Sem leis, sem obrigações, sem controlo... Impossível hoje em dia, mas perfeito.

acja disse...

Impossivel para a sociedade.QA anarquia representa um desejo de insoburdinaçâo natural do homem.E como é óbvio, um sentimento ridículo e desproporcional as realidades e necessidades do homem."Quando o homem vive em sociedade a sua liberdade diminui"Salazar.

joana disse...

É impossível porque não somos (quase) perfeitos. Portanto, é preciso alguma autoridade para que não se interfira totalmente com a liberdade dos outros. No entanto, toda a autoridade deve ser questionada (frase que não é minha mas da qual desconheço o autor). Por isso, no "mundo ideal" não existiria qualquer tipo de controlo sobre as pessoas. Mas, como é evidente, dificilmente será assim um dia. Quem defender uma anarquia no presente é completamente louco (no mau sentido).

acja disse...

Concordo imensamente consigo.É algo a se comemorar!