segunda-feira, janeiro 22, 2007

O Concurso serve para muita coisa...

O concurso do "Grande português" serve sobretudo para abrir caminho em meio às "roxas névoas que despedaçam e doira o céu de Portugal".
Interessante mesmo foi ver a lista dos 10 maiores, lista usada para disfarçar a indisfarçavel vitória de Salazar, dentre eles o Marquês de Pombal, Dom João II, etc, deste tema os amigos da blogosfera tratam muito bem e melhor do que eu, como lhes é habitual.Estranheza e nojo causa a prsença de uma figura horrenda, má, vil, mentirosa, catalisadora de tudo o que há de pior na história de Portugal, Álvaro Cunhal.
Álvaro Cunhal era um agente nefasto da nefasta U.R.S.S., um monstro, um traidor desgraçado que envergonha o solo Português.
Finalmente os historiadores vão à frente e contam a verdade, deixam cair a máscara do monstro frente a imprensa calculista, no D.M. de alguns dias um grupo de historiadores se opôs a escolha do ogro em questão para a lista.
Bem haja!

2 comentários:

Daniel Pereira Fernandes disse...

Na 1ª fase do concurso votei duas vezes no salazar e vou fazer o mesmo agora também, só mesmo para imbirrar com a rtp que estava (e ainda está!) a fazer o que pode para que o Salazar não ganhe.

Abraço!

acja disse...

Pois faz muito bem, vou ligar e pagar o intercontinental por isso.
Creio que Salazar já é vencedor, e esmagadoramente.