segunda-feira, julho 24, 2006

Intercâmbio comunista.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, chegou neste domingo a Minsk, onde se encontrará na segunda-feira com seu colega bielo-russo, Alexander Lukashenko, cujo regime autoritário é criticado pela Europa e pelos Estados Unidos, constatou um jornalista da AFP.O avião de Chávez pousou às 18H30 locais na capital bielo-russa. O presidente venezuelano vinha da Argentina, onde participou da conferência do Mercosul.Chávez, que devia chegar à Bielo-Rússia no sábado, atrasou sua chegada em 24 horas por "questões de organização", informou a chancelaria bielo-russa.O presidente venezuelano, criticado pelos Estados Unidos por seu discurso antiimperialista, inicia na Bielo-Rússia uma viagem que também o levará à Rússia, ao Irã e ao Vietnã.Chávez deve chegar a Moscou na terça-feira. Ele assinará na capital russa um contrato para a compra de 30 caças Sujoi e 30 helicópteros russos, por mais de um bilhão de dólares!
O contraste entre as ações e as palavras são enormes, não há nada mais imperialista do que gastar bilhões de petro-dólares de um país miserável em armas, discursos autoritaristas e visitas amigáveis a ditadores da mesma corrente.
Todo comunista sonha em se tornar um Lênin, um Stálin, um Cunhal, em ser famoso e destruir o que considera ruim, mas é imensamente melhor do que qualquer cosia que, mesmo em sonhos ele possa construir.

Um comentário:

O Condado disse...

Hugo Chavez encarna tudo o que existe de mais retrógado da América Latina. E o nosso amigo Lula assiste a tudo impávido e sereno por lealdade corporativa!